Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A forma como eu vejo o mundo

A forma como eu vejo o mundo

Tudo aquilo que nunca te falei...

tumblr_l9kt1cxGcn1qdmfino1_500_large-e1285968971976.jpg

>>>>cliquem aqui>>>Oicam com o texto

As vezes deviamos  deixar tudo sair, abrir o saco e gritar tudo o que nao deviamos de calar...

 Nem pensei por um momento faze-lo e tanto tempo depois, me arrependo, quando me lembro de ti, de te ver cometer os erros de sempre que tu garantes como certos, de ver os outros sofrer nas tuas maos e calar-me...

 Parti à muito e nem me arrependo mais disso, ficaram as saudades, depois a dor e a raiva, agora só a breve saudade daquela amizade estranha que persistia...

 Deixei de tentar impingir um caminho certo em quem construiu a vida sobre os escombros de um muro, deixei de tentar adaptar-me a um caminho tão rigoroso, sem pontes de compreensao ou portas que se abrissem com o tempo.

Era só o teu caminho, o teu percurso e como era dificil chegar ao topo da montanha da tua fragilidade...

Hoje eu vejo-te como um farol que resistiu aos anos, mas se tornou tão solitário que enganou todos esses navios, e vive da aparencia de uma luz...

E talvez leias isto um dia... talvez nem todos entendam... mas tu, sei que vais, porque eu sempre soube manusear palavras e tu sempre entendias...

  Talvez um dia entendas, quando te sentares nessa varanda tão alta e minuscula, queimando um cigarro, aí entendas que eu parti num dos navios que vês lá bem longe, que se afastou demasiado devagar, que aguentou tempestades, mas que levou nele algo que nunca mais voltará, algo que perdeste, mas que nunca te irás arrpender da perda...

Afinal tu nunca quiseste conhecer verdadeiramente...

  

  

 

 

 

Sobre mim

Blogger, 19 anos. Gestao Hoteleira-ESGIN Amo ler, conversar, musica e sou louca pelo monstro das bolachas! (LER MAIS+)

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.